1921 - (Agosto, 15) Coritiba vence 25/08/21 - CORITIBA 1x0 SELEÇÃO DE SÃO PAULO

Local: Estádio da Graciosa
Árbitro: Roger Maravalhas do Internacional
Gols: Abílio Fruet, aos 23' do 2º tempo
Público: Aproximadamente 8.000 torcedores

Coritiba: Gallo; Bahú e Gibbein; Luiz Abram, Pena e Ninho; Arnoldo, Arthurzinho, Maxambomba, Abílio Fruet e Brandalise.

Seleção de São Paulo: Max; Barthô e Alexi; Nardoni, Faragassi e Bertolini; Laertes, Neco, Friedenreich, Viola e Tepet.
a poderosa seleção paulista de Friedenreich e chama a atenção do Brasil. Nesta partida estréia Ninho

Ninho

Nome Completo: João Luis Bermudes
Nascimento: 02/03/1909, em São Paulo (SP)
Posição: Líbero (Center-half)
Período de atuação: 1921 a 1934, 1938

Mais sobre o atleta
, primeiro grande ídolo coritibano.

1921 - (Setembro) Os coritibanos Pena

Pena

Nome Completo: Gonzalo Peña Rey
Nascimento: 10/11/1894, em Vigo (ESP)
Posição: Centromédio
Período de atuação: 1919 a 1922

e Maxambomba

Maxambomba

Nome Completo: José Bermudes
Nascimento: 21/12/1897, em São Paulo (SP)
Posição: Centroavante
Período de atuação: 1915 a 1917, 1921

Mais sobre o atleta
, dois primeiros paranaenses convocados para a seleção brasileira, seguem com a delegação nacional para a Argentina.

1924 - (Junho, 08) Com quatro gols do centromédio Ninho o Coritiba vence 08/06/24 - CORITIBA 6x3 ATLÉTICO

Local: Estádio da Graciosa
Árbitro: Elias Martin do Britânia
Gols: Raul Santos, aos 25' do 1º tempo (CAP); Ninho, aos 40' do 1º tempo (CFC); Ninho, aos 21' do 2º tempo (CFC); Ninho, aos 29' do 2º tempo (CFC); Marques, aos 34' do 2º tempo (CAP); Ary Lima (penalti), 41' do 2º tempo (CAP); Bebê, aos 42'do 2º tempo (CFC); Ninho, aos 44'do 2º tempo (CFC).

Coritiba: Jacomino; Bahu e Beatriz; Zelioto, Octaviano e Luiz Abrahão; Perin, Bebê, Ninho, Inglês e Staco.

Atlético: Figueiredo; Marrecão e Bugio; Franico, Maneco e Lourival; P. Marques, Ary Lima, Marreco, Motta e Raul Santos.
por 6x3 o primeiro Atletiba da história.

1926 - (Agosto, 15) Vitória frente 15/08/26 - CORITIBA 3x1 SELECIONADO ACADÊMICO GAÚCHO

Local: Estádio do Água Verde
Árbitro: Maximino Zanon
Gols: Staco (penalti), Bebê e Luiz Abram (CFC); Helio (GAU).

Coritiba: Fruet, Inglês e Cuka; Rigolino, Ninho e Corruíra; Bebê, Luiz Abram, Atílio, Staco e Heitor.

Selecionado Acadêmico Gaúcho: Vianna, Nelson e Carlos; Riff, Almo e Paulo; Darcy, Walter, Baldino, Helio e Souza.
à seleção acadêmica gaúcha motiva a criação do Dia do Atleta Coritibano em virtude da coincidência de datas com a vitória acontecida em 15/08/1921 contra o selecionado paulista.

1926 - (Setembro, 26) Couto Pereira

Couto Pereira

Nome Completo: Antônio Couto Pereira
Nascimento: 23/01/1896, em Baturité (CE)

Sob sua administração o estádio Belfort Duarte foi construído.

Couto Pereira foi presidente do clube por quinze anos (1927-1928, 1931-1934, 1937-1945)

é eleito presidente do clube pela primeira vez.

1926 - (Novembro, 07) Pelo Campeonato Regional o Coritiba vence a equipe do Paraná

O Paraná Sports Club foi um antigo clube de futebol de Curitiba, Paraná, fundado em 30/11/1910.

Em 1917, juntou-se ao América Futebol Clube, dando origem ao América-Paraná Sports Club, que durou até 1918.

Em 1919 voltou a chamar-se Paraná, ficando em atividade até 1926, quando foi extinto.
por 13x1 07/09/26 - CORITIBA 13x1 PARANÁ

Local: Estádio da Graciosa
Árbitro: Gastão Alencar do Athletico
Gols: Inglês, aos 9' do 1º tempo (CFC); Bebê, aos 26' do 1º tempo (CFC); Staco, aos 32' do 1º tempo (CFC); Staco, aos 39' do 1º tempo (CFC); Pádua (penalti), aos 42' do 1º tempo (PSC); Luiz Abrahão (penalto), aos 3' do 2º tempo (CFC); Olavo, aos 7' do 2º tempo (CFC); Corruíra, aos 10' do 2º tempo (CFC); Heitor, aos 14' do 2º tempo (CFC); Staco, aos 18' do 2º tempo (CFC); Staco, aos 20' do 2º tempo (CFC); Bebê, aos 26' do 2º tempo (CFC);Staco, aos 31' do 2º tempo (CFC); Bebê, aos 37' do 2º tempo (CFC)

Coritiba: Fruet; Cuka e Pizzatto; Ribas, Luiz Abrahão e Corruíra; Olavo, Bebê, Inglês, Staco e Heitor.

Paraná: Cocheba; Emígdio e Pallota; Massílio, Picapau e Hylário; Gomes, Pádua, Alvim, Manoelzinho e Isaías.
e estabelece a maior goleada da história alviverde.

1927 - (Março, 20) Com gol do ponteiro Ernesto o Coritiba vence o Atlético 20/03/27 - CORITIBA 1x0 ATLÉTICO

Local: Estádio da Baixada da Água Verde
Árbitro: Moacir Gonçalves
Gols: Ernesto, aos 35' do 2º tempo

Coritiba: Valencia; Cuka e Pizzatto; Luiz Abrahão, Ninho e Corruíra; Bebê, Ernesto, Emílio, Staco e Espoleta.

Atlético: Tércio; Marrecão e Harold; Nano, Falcine e Juca; Ary, Marreco, Urbino, Manequinho e Polaco.
e conquista a Taça Fox. A disputa dá início à rivalidade entre as duas equipes.

1928 - (Janeiro, 22) Alviverde torna-se campeão paranaense de 1927 após derrotar 22/01/28 - CORITIBA 3x1 PALESTRA ITÁLIA

Local: Estádio d
Árbitro: Luiz Guimarães
Gols: Emílio, aos 30' do 1º tempo (CFC); Staco, aos 19' do 2º tempo (CFC); Laudenlino, aos 20' do 2º tempo (PAL); Staco, aos 28' do 2º tempo (CFC).

Coritiba: Fruet; Cuka e Pizzatto; Luiz, Ninho e Corruíra; Bebê, Ernesto, Emílio, Staco e Espoleta.

Palestra: Júlio; Anjolilo e Martins; Chic-Chic, Moacir e Ílio; Laudelino, Corteze, Dula, Canhoto e Lira.
a equipe do Palestra Itália

O Palestra Itália Futebol Clube foi um antigo clube de futebol de Curitiba, Paraná, fundado em 1921.

Em 1971, fundiu-se com o Britânia Sport Club e com o Clube Atlético Ferroviário, dando origem ao Colorado Esporte Clube.
.

1928 - (Dezembro) Adquirido terreno no Alto da Glória, de propriedade de Nicolau Scheffer, visando a construção de um estádio.

1928 - (Dezembro) Após ótima campanha e contando com sete atletas coritibanos na equipe titular o estado do Paraná sagra-se vice-campeão brasileiro de seleções estaduais. Com sete gols, Staco

Staco

Nome Completo: Stanislau Delles
Nascimento: 08/02/1901, na Polônia
Posição: Meia esquerda
Período de atuação: 1923 a 1932

Mais sobre o atleta
conquista a artilharia do torneio.

1929 - (Dezembro, 08) Pizzattinho

Pizzattinho

Nome Completo: Theodorico Pizzatto
Nascimento: 01/07/1913, em Araucária (PR)
Posição: Meia esquerda
Período de atuação: 1929 a 1937

Mais sobre o atleta
, ídolo da torcida na década de 1930, faz sua estreia 08/12/29 - CORITIBA 2x3 BRITÂNIA

Local: Estádio da Graciosa
Árbitro: Parahílio Borba
Gols: Bassani, aos 18' do 1º tempo (BRI); Pizzattinho, aos 27' do 1º tempo (CFC); Tutti, aos 32' do 1º tempo (BRI); Bassani, aos 14' do 3º tempo (BRI); Staco, aos 28' do 2º tempo (CFC).

Coritiba: Egg; Cuka e Pizzatto; Rigolino, Ninho e Romano; Laudelino, Pizzattinho, Emílio, Staco e Stephan.

Britânia: Budant; Parolim e Theodorico; Américo, Moura e Alexandre; Maximino, Lydio, Flávio, Bassani e Tutti.
pela equipe alviverde.

1931 - Couto Pereira modifica o escudo coritibano e acrescenta os dizeres "Coritiba Foot Ball Club" e "Paraná".

1931 - (Maio, 03) Coritiba vence 03/05/31 - CORITIBA 2x3 FERROVIÁRIO

Local: Estádio do Juvevê
Árbitro: Ataíde Santos
Gols: Mocundú, aos 30' do 1º tempo (FER); Carnieri, aos 45' do 1º tempo (CFC); Emílio, aos 31' do 2º tempo (CFC).

Coritiba: Pinha; Cuka e Pizzatto; Jorge, Corruíra e Contin; Laudelino, Emílio, Ângelo Polenta, Staco e Carnieri.

Ferroviário: Russo; Elysico e Salgado; Staquinho, Alexandre e Mano, Max, Mocundú, Alfredo, Egídio e Tutte.
o primeiro confronto com o Ferroviário

O Clube Atlético Ferroviário foi um antigo clube de futebol de Curitiba, Paraná, fundado em 1930, após cisão do Britânia Sport Club.

Em 1971, fundiu-se com o Britânia e com o Palestra Itália, dando origem ao Colorado Esporte Clube.
.

1932 - (Janeiro, 17) Em partida emocionante o Alviverde vence 017/01/32 - CORITIBA 5x4 PALESTRA ITÁLIA

Local: Estádio do Juvevê
Árbitro: Luiz Guimarães
Gols: Vani, aos 10' do 1º tempo (PAL); Cuka (contra), aos 46' do 1º tempo (PAL); Ângelo, aos 5' do 2º tempo (CFC); Gabardinho, aos 7' do 2º tempo (PAL); Anjolilo (contra), aos 17' do 2º tempo (CFC); Ângelo, aos 20' do 2º tempo (CFC); Emílio, aos 30' do 2º tempo (CFC); Carnieri, aos 33' do 2º tempo (CFC); Anjolilo, aos 42' do 2º tempo (PAL).

Coritiba: Rei; Cuka e Pizzatto; Moacir Gonçalves, Corruíra e Contin; Laudelino, Ângelo Polenta, Emílio, Lothar e Carnieri.
Técnico: Moacir Gonçalves

Palestra: Mansur; Anjolilo e Tatú; Andretta, Dulla e Ataíde; Valdomiro, Corteze, Gabardinho, Vani e Patesko.
o Palestra Itália e conquista o campeonato regional de 1931.

1932 - (Abril, 10) Com gol de Carnieri

Carnieri

Nome Completo: João Domingos Carnieri
Nascimento: 11/11/197, em Curitiba (PR)
Posição: Meia esquerda/Ponta esquerda
Período de atuação: 1930 a 1933; 1936 a 1942

no final do jogo, Coritiba vence o Guarani

O Guarani Esport Clube foi fundado em 30 de Julho de 1914, em Ponta Grossa, Paraná.

No final dos anos 60, fundiu-se com o Operário, formando a Associação Pontagrossense de Desportos, união que durou apenas 3 anos.

Após a fim da parceria, o Guarani abandonou os campeonatos profissionais e hoje mantem-se como clube social.
e sagra-se campeão paranaense 10/04/32 - CORITIBA 3x2 GUARANI

Local: Estádio do União Campo Alegre (Ponta Grossa)
Árbitro: Plínio Marinoni (FPD)
Gols: Emílio (2) e Carnieri (CFC); Flori e Durval (GUA).

Coritiba: Rei; Jorge e Pizzatto; Contin, Nide e Corruíra; Laudelino, Polenta, Emílio, Lothar e Carnieri.

Guarani: Flaviano; Túlio e Naumann; Nélson, Jango e Aparício; Lício, Durval, Frare, Dominguito e Flori.
de 1931.

1932 - (Novembro, 20) Inaugurado o estádio Belfort Duarte na partida 20/11/32 - CORITIBA 4x2 AMÉRICA

Local: Estádio Belfort Duarte
Árbitro: Maximino Zanon
Gols: Gildo (2), Emílio e Carnieri (CFC); Pascoal e Miro (AME).

Coritiba: Rei; Cuka (Jorge) e Pizzatto; Nide, Ninho e Contin (Corruíra); Levoratto, Gildo, Emílio, Pizzattinho e Carnieri.

América: Wálter; Lázaro e Américo; Hermógenes, Oscarino e Baby; Picolé, Crí-Crí, Carola, Pascoal (Miro) e Rômulo (Mangueirinha).
contra o América, campeão carioca de 1931.

1933 - (Setembro, 10) Com uma rodada de antecedência o Alviverde conquista o Campeonato RegionalCAMPEONATO REGIONAL

Torneio que contava com a participação dos clubes da capital e de cidades próximas. O vencedor disputava o título de campeão paranaense com os campeões das outras regiões do estado.
ao vencer 10/09/33 - CORITIBA 2x0 FERROVIÁRIO

Local: Estádio Belfort Duarte
Árbitro: Luiz Guimarães
Gols: Gildo e Leovato (CFC)

Coritiba: Esmanhoto; Anjolilo e Pizzatto; Contin (Nide), Ninho e Guaraní; Pizzattinho, Emílio, Levorato, Gildo e Érico.

Ferroviário: Russo; Jango e Sansão; Íllio, Janguinho e Nélson; Ezídio, Aníbal, Mocundú, Bananeiro e Vítor (Tuti).
o Ferroviário.

1933 - (Dezembro, 17) Coritiba goleia 17/12/33 - CORITIBA 4x0 NOVA RÚSSIA

Local: Estádio Joaquim Américo
Árbitro: Luiz Guimarães
Gols: Rosa (contra), aos 43' do 1º tempo (CFC); Pizzattinho, aos 10' do 2º tempo (CFC); Ninho, aos 22' do 2º tempo (CFC); Levirato, aos 36' do 2º tempo (CFC)

Coritiba: Esmanhoto; Anjolilo e Pizzatto; Nide, Ninho e Contin (Guarany); Laudelino, Emílio, Levorato, Pizzattinho e Érico.

Nova Rússia: Eduardo; Rosalin e Mendes; Guta, Ivo e Rosa; Hermínio, Jorge, Tamanduá, Zé e Padre.
o Nova Rússia

O Nova Rússia Esport Clube foi um antigo clube de futebol de Ponta Grossa, Paraná, fundado em 1930, sendo extinto logo em seguida, em 1935.
e torna-se campeão paranaense.

1934 - (Setembro, 02) O clássico Atletiba é a primeira partida 02/09/34 - CORITIBA 1x1 ATLÉTICO

Local: Estádio Joaquim Américo
Árbitro: Rodolpho Scholtz Sobrinho (PANDÚ)
Gols: Godin (CFC); Ceccattinho (CAP)
Público: Aproximadamente 6.000 torcedores

Coritiba: Pinha; Pizzatto e Anjolilo; Nide, Ivo Rosa e Borges; Levorato, Gondin, Ary Carneiro, Pizzattinho e Carnierinho.

Atlético: Caju; Canoco e Borba; Korman, Faccini e Rosa; Naná, Raul Rosa, Mimi, Zinder e Cecattinho.
de futebol narrada por uma rádio no Paraná.

1935 - (Setembro, 15) De forma invicta 15/09/35 - CORITIBA 2x1 BRITÂNIA

Local: Estádio Belfort Duarte
Árbitro: Arí Lima
Gols: Gabardinho, aos 28' do 1º tempo (CFC); Celico, aos 14' do 2º tempo (BRI); Pizzattinho, aos 37' do 2º tempo (CFC)

Coritiba: Francalacci; Borges (Ninho) e Pizzatto (Sadi Pizzatto); Lival, Ivo Rosa e Bicudo; Jaime, Ary Carneiro, Gabardinho, Pizzattinho e Carnierinho.

Britânia: Francisquinho; Zeca (Arnaldo) e Gabardo; Caramujo, Efigênio e Mendes; Artur, Flávio, Morena, José de Freitas e Biguá (Celico).
, com seis vitórias e um empate, Coritiba é declarado campeão regional.

1936 - (Março, 08) Após vencer 08/03/36 - CORITIBA 2x0 OLINDA

Local: Estádio do União (Ponta Grossa)
Árbitro: Altino Borba
Gols: Ary Carneiro, aos 21' do 2º tempo (CFC); Ary Carneiro, aos 22' do 2º tempo (CFC)

Coritiba: Francalacci; Pizzatto e Sadí Pizzatto; Nide, Ivo Rosa e Bicudo; Ary Carneiro, Hygino, Gabardinho, Pizzattinho e Carnierinho.

Olinda: Sem registro.
a equipe do Olinda

O Olinda Esporte Clube foi um antigo clube de futebol de Ponta Grossa, Paraná, fundado em 20/11/1920, deixando de participar do campeonato estadual em 1935.
o Alviverde torna-se campeão paranaense de 1935.

1936 - (Junho) Inauguradas as arquibancadas gerais do estádio Belfort Duarte, dobrando a capacidade do estádio.

1939 - (Agosto, 20) Coritiba quebra o, até então, recorde paranaense após vencer 20/08/39 - CORITIBA 2x1 BRITÂNIA

Local: Estádio Belfort Duarte
Árbitro: Ataíde Santos
Gols: Sardinha, aos 28' do 1º tempo (CFC); Nhonho, aos 41' do 1º tempo (BRI); Bibique (penalti), aos 19' do 2º tempo (CFC)

Coritiba: Ary; Borges e Anjolilo; Cizico, Bibique e Warde; Breyer, Carnieri, Sardinha, Cecílio e Saul.
Técnico: Antônio Corteze.

Britânia: Laio; Bororó e Goiaba; Ivan, Efigênio e Joanino; Edgard (Lauro), José de Freitas, Nhonho, Joãosinho e Sanin.
dez partidas consecutivas.

1939 - (Outubro) Inicia-se a construção da sede social do clube.

1939 - (Outubro, 08) Após empatar 08/10/39 - CORITIBA 3x3 FERROVIÁRIO

Local: Estádio do Juventus
Árbitro: Ataíde Santos
Gols: Joãozinho, Sardinha e Cecílio (CFC); Emédio, Arí Carneiro e Pivo (FER)

Coritiba: Ary; Borges e Augusto; Cizico, Bibique e Warde; Joãozinho, Pio (Cecílio), Busch, Sardinha e Saul.
Técnico: Antônio Corteze.

Ferroviário: Luiz; Zeca e Alfeu; Baiano, Zanon (Alexandre) e Janguinho; Zequinha, Arí Carneiro, Emédio, Pivo e Ezídio.
com o Ferroviário o Alviverde sagra-se campeão regional.

1940 - (Março, 17) Coritiba goleia 17/03/40 - CORITIBA 10x0 PINHEIRAL

Local: Estádio Belfort Duarte
Árbitro: Joaquim Nogueira (Cuka)
Gols: Pio (2), Rubinho (3), Cec;ilio (2), Karam (penalti), Saul e Dide (contra) (CFC)
Renda da partida: 14.000$000

Coritiba: Ary; Borges e Anjolilo; Batista, Bebique e Warde; Karam, Pio, Rubinho, Cecílio e Saul.
Técnico: Leônidas Marchand.

Pinheiral: Tita; Dide e Bepi; Jonas, Stocheiro e Nélson; Costela, Tide, Naude, Lulo e Catalau.
o Pinheiral

O Pinheiral Esporte Clube foi um antigo clube de futebol de Palmeira, Paraná, fundado na década de 30.
por 10 x 0 e conquista o campeonato paranaense de 1939.

1940 - (Abril, 28) Clube inaugura o Pacaembu, considerado na época o maior estádio da América do Sul. O primeiro gol 28/04/40 - CORITIBA 2x6 PALESTRA ITÁLIA

Local: Estádio do Pacaembu
Árbitro: Heitor Marcelino Domingues
Gols: Zequinha, a 1' do 1º tempo (CFC); Echevarrieta, aos 6' do 1º tempo (PAL); Echevarrieta, aos 36' do 1º tempo (PAL); Luizinho, aos 11' do 2º tempo (PAL); Elyzeo, aos 18' do 2º tempo (PAL); Echevarrieta, aos 22' do 2º tempo (PAL); Sandro, aos 36' do 2º tempo (PAL); Pivo, aos 44' do 2º tempo (CFC).

Coritiba: Ary; Borges e Alfeu (Augusto); Tonico, Aryon (Belico) e Warde (Sardinha); Zequinha, Pio, Rubinho, Pivo e Saul.
Técnico: Antônio Cortese.

Palestra Itália: Gijo; Carnera e Begliomine; Carlos, Sídney e Del Nero; Luizinho, Sandro, Elyseo, Carioca e Echevarrieta.
Técnico: Caetano de Domênico.
do estádio é marcado por Zequinha, atleta que vestia a camisa coritibana.

1940 - (Novembro, 24) Neno

Neno

Nome Completo: Florisval Lanzoni
Nascimento: 18/08/1920, em Curitiba (PR)
Posição: Centroavante
Período de atuação: 1941 a 1947; 1951 a 1953

Mais sobre o atleta
, maior artilheiro da história dos Atletibas, faz sua estreia 24/11/40 - CORITIBA 2x0 BRITÂNIA

Local: Estádio da Baixada
Árbitro: Ataíde Santos
Gols: Saul (2) (CFC).

Coritiba: Ary; Borges (Nei) e Breyer; Tonico, Aryon e Janguinho; Batista, Pio, Rubinho (Neno), Cúnico e Saul.

Britânia: Francisquinho; Américo e Goiaba (Efigênio II); Luvizoto, Efigênio I (Joãosinho) e Mendes; Ivan, Joanino, Kormann, José e Sanin.
com a camisa coxa-branca.